segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Nos braços dos sonhos


Enfeita-me com sua graça
Conto o momento único
Não foi perdido
Encontrado
Livre-me dos dogmas
Ensina-me a amar
Apesar do medo
Preciso
Ajuda-me a controlar essa vontade
Inestimável
De querer estar em seus braços
E esquecer da vida.


Silene Morigi

Nenhum comentário:

Postar um comentário